Dicas

Dirigindo bem: 4 dicas para não errar no volante

Grande Coreia
Escrito por Grande Coreia

Dirigir com competência pode ser um grande desafio. Essa tensão é observada principalmente em quem está na autoescola ou tirou recentemente a carteira. O medo dos iniciantes varia entre deixar o carro morrer no cruzamento à nunca conseguir se adaptar ao câmbio manual.

Por isso, elaboramos esta lista de 4 dicas essenciais para quem precisa aprimorar suas habilidades de direção. Entretanto, lembre-se: apenas a leitura não basta! É necessário praticar bastante as recomendações deste post. Assim, em pouco tempo você estará dirigindo bem e naturalmente. Confira!

1. Encontre o ponto certo da embreagem

Carros manuais são um desafio para motoristas inexperientes. A dosagem da embreagem combinada ao uso do acelerador pode confundir com facilidade. A questão é que esse ponto de equilíbrio entre os pedais varia sutilmente de um veículo para o outro. Sendo assim, a dica é uma só: pratique! Em um local com pouquíssimo — ou nenhum — tráfego você terá a oportunidade de errar inúmeras vezes até que passe a acertar. Isso tudo sem a tensão adicional de motoristas estressados atrás de você.

É também importantíssimo que você não adquira o hábito de utilizar a embreagem como descanso de pé. Por menor que seja o toque do seu pé no pedal da embreagem, isso já é suficiente para acioná-la. A longo prazo isso acarreta em maior desgaste do conjunto mecânico. Vale lembrar que o conserto e a reposição de um sistema de embreagem e transmissão costumam ser bastante caros. Por isso, atenção.

2. Lembre-se dos retrovisores laterais

Por incrível que pareça, muitas pessoas negligenciam o uso desse componente. Acreditam que apenas o retrovisor interno é suficiente para fornecer uma visão segura do que acontece atrás deles. Na realidade, o espelho interno não alcança os detalhes que os retrovisores laterais alcançam. As extremidades da pista ficarão descobertas. Existe inclusive o risco de causar um acidente durante uma conversão de faixa, por não conseguir enxergar um ciclista ou motociclista circulando pelo corredor.

3. Estacione corretamente nas ladeiras

Um hábito comum é estacionar o veículo colado ao meio-fio e virar a roda em direção a ele, estabelecendo o contato de tal superfície com o pneu, como forma de apoio. Evite essa prática, pois a força exercida pelo peso do carro pode danificar a estrutura do pneu ou mesmo rasgá-lo.  

O correto é estacionar o carro paralelamente ao meio-fio e aí então virar totalmente a direção no sentido dele, mas sem estabelecer o contato pneu/calçada. Termine de direcionar as rodas, engate a marcha e puxe o freio de mão, pronto! Assim, caso aconteça do carro descer, ele irá em direção à calçada e ficará imóvel mediante o contato com o meio fio. Mas caso o carro não desça, não haverá pressão desnecessária sobre os pneus.

4. Tenha cuidado com os declives

Assim como o uso da embreagem, os declives também são uma grande dificuldade para muitos motoristas. Nas descidas, as pessoas tem a ideia equivocada de que deve-se engatar o ponto morto do carro, para economizar combustível. Nada mais errado, pois isso só aumenta o consumo do carro e acelera o desgaste mecânico. O correto a ser feito é engatar o carro na primeira ou segunda marcha. Dessa maneira, você não sobrecarregará os freios do carro em uma parada brusca ou no final da descida, pois o carro estará limitado à velocidade da marcha engatada — o chamado freio motor. Deixar o carro simplesmente deslizar engatado, sem nenhuma aceleração, também corta a injeção de combustível — o que não ocorre no ponto morto — contribuindo também na economia.

Em suma, sair dirigindo bem por aí é uma mistura de competências. Você precisa pensar na sua segurança e na de terceiros. Também é preciso dominar o exercício da direção e isso só vem com a prática. Por fim e, definitivamente, não menos importante: você precisa conhecer e respeitar as leis de trânsito. São elas que garantem uma previsibilidade no comportamento dos motoristas, garantido a segurança de todos. Gostou das nossas dicas? Então compartilhe nas suas redes sociais e contribua para um trânsito mais eficiente e seguro para todos.

 

Sobre o autor

Grande Coreia

Grande Coreia

Deixar comentário.

Share This